CEO da In Forma comenta sobre acontecimentos de 2017 e a expectativa de crescimento acelerado em 2018

2017 foi um ano de muitas mudanças e inovações para a In Forma. Sendo o primeiro ano de trabalho da empresa junto com o fundo de investimento Criatec, teve como objetivo principal a estruturação interna da In Forma, passo inicial para um momento mais agressivo de desenvolvimento e expansão nos próximos anos. “Tem sido uma experiência de aprendizado mútuo. Eles foram aprendendo sobre o nosso mercado e a dinâmica da nossa empresa, enquanto nós fomos aprendendo com eles como devemos nos preparar para o crescimento acelerado que visamos”, comenta o CEO, Ismar Kaufman.

Ao longo do ano, a In Forma vivenciou mudanças como ampliação da equipe; reformulação da marca, que trouxe um novo posicionamento no mercado; desenvolvimento de novas funcionalidades das soluções oferecidas pela empresa, ampliando a atuação do EquipMaint; estudos na aplicação de inteligência artificial; pesquisas de novos mercados em outras áreas de setores regulatórios e em outros países com as viagens exploratórias para o Chile e a Colômbia. E até mesmo a criação de uma nova linha de produtos, apresentando um paradigma totalmente inovador que trabalha em tempo real, se antecipando às necessidades do usuário. Esses acontecimentos fizeram parte da história da In Forma em 2017 e da preparação da empresa para o crescimento e desafios que a empresa pretende alcançar em 2018.

De acordo com o CEO, o mercado está bastante ansioso por soluções não convencionais de sistemas de informações. Para ele, este é o grande aprendizado que foi deixado para a In Forma através das experiências do ano que passou. “Percebemos que ainda há muito o que se fazer em nosso mercado, que podemos apresentar ainda mais soluções aos nossos clientes e que assim, apesar da expertise que já temos, podemos aprender e criar muito mais”, destaca Ismar ao explicar a fase de ‘re-startup’ que a In Forma vive.

A empresa pretende continuar investindo no desenvolvimento de uma nova linha de produtos, cujas funcionalidades não ficarão restritas aos usuários do EquipMaint; e irá trabalhar para ampliar o conhecimento em inteligência artificial para aplicá-lo em suas soluções. “Estamos muito animados e com boas expectativas para alcançar as metas estabelecidas. Sentimos que é um momento de reaprender o que já sabemos fazer, agora mais voltados para empresas de porte menor, e também de aprender a fazer novas coisas. Estamos preparados para isto!”, acrescenta o CEO.

É nesta visão que a In Forma traçou seus planos para 2018, em busca de uma adesão ainda maior no mercado brasileiro, visando o crescimento na direção de outros segmentos em que o EQM possa apresentar o mesmo sucesso como tem nas áreas de Geração, Transmissão e Distribuição de energia. Além do foco em reforçar a internacionalização da marca, acreditando no potencial da empresa de prospectar mercados fora do país.