In Forma Software

Distribuidoras de Energia: A BDGD e os problemas crescentes nos cadastros

Integrar sistemas e interfaces, aplicações de análise, simuladores, gerenciadores, e outros tantos recursos tecnológicos que transformarão em um futuro bem próximo as redes de distribuição cada vez melhores operacionalmente, aumentando sua visibilidade e previsibilidade.

Neste contexto, a ANEEL através do PRODIST (Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica) estabelece regras e modelos de gestão dos recursos operacionais e sistemas, e dentre estas obrigações, a composição da BDGD (Base de Dados Geográfica da Distribuição, conforme módulos 6 e 10 do PRODIST) é sem dúvida um dos trabalhos de maior responsabilidade e comprometimento das concessionárias. A BDGD é o modelo planificado das redes de ativos de distribuição, devidamente caracterizados com seus atributos e valores medidos, distribuídos em estruturas poligonais georreferenciadas (alimentadores), no período de um ano. E pela sua importância, a BDGD representa o principal suporte regulatório, fornecendo conhecimento técnico e da base remunerada das concessionárias ao órgão fiscalizador e servindo de principal recurso para as revisões tarifárias periódicas.

Gerando a informação, mas com baixa performance

Produzir uma BDGD consistente mobiliza um esforço gigante nas empresas, desde a extração de dados de sistemas de cadastro GIS e outros sistemas (que geralmente não se conversam), até a acomodação destes dados em modelos normalizados de informação, sob métodos tradicionais de análise. Pela complexidade dos processos, sempre haverá a dedicação de parte do time técnico quase que 100% para consistirem estas informações antes de submetê-las a ANEEL. E estamos falando de processos com muitas “idas e vindas”, que demandam um tempo interminável – a cada momento de validação da ANEEL, resultam erros a serem corrigidos para uma nova revisão. Erros que a percepção humana não conseguiu identificar e corrigir a tempo, a grande maioria deles gerada por “vícios de cadastro” (erros humanos, situações onde o cadastro dos ativos e o controle do ciclo de vida destes equipamentos falhou). 

Uma das formas de se lidar com este trabalho é a terceirização da produção dos dados da BDGD, serviço este supervisionado pela Engenharia. Mas até as empresas que dão este suporte, com toda a sua experiência e conhecimento da base instalada, utilizam os mesmos métodos tradicionais de manipulação de dados e percorrem os mesmos obstáculos, sempre correndo contra o tempo para atender aos prazos da ANEEL.

Melhorando a Qualidade – O Revisor de Cadastro

Atualmente existem tecnologias perfeitamente viáveis de mineração de dados, aplicações autônomas que utilizam inteligência artificial para realizarem análises complexas nos dados, resultando em informações consistentes em curto espaço de tempo. 

O nosso Revisor de Cadastro é um produto que utiliza-se destas tecnologias para promover eficiência ao processo de elaboração da BDGD. Ele nasceu de um projeto de P&D muito bem sucedido na concessionária ENEL há cerca de 5 anos, e em plena atividade. 

Através do método CRISP-DM (Cross-industry standard process for data mining) e conhecimentos em ciências de dados e machine learning, o Revisor de Cadastro se impõe como uma excelente ferramenta de apoio ao processamento e geração da BDGD, diminuindo cada vez mais o esforço para a elaboração, reduzindo as etapas de validação da ANEEL e ao mesmo tempo fornecendo insumos para os desafios relacionados:

– Identificação de erros de cadastro, atributos faltantes, alinhar a visão contábil dos cadastros (UC x UAR), exceções raras nos processos, e erros “legados” que só se tornam visíveis mediante atualização de novos registros.

– Análise de aplicabilidade dos projetos de expansão de rede e distribuição de carga.

– Identificação de perdas técnicas e não técnicas.

E dentre os benefícios citados, o mais importante é a segurança de poder usufruir de bases de dados cada vez mais consistentes ao longo do tempo, sem risco operacional ou regulatório.

SOBRE A IN FORMA

Com mais de 25 anos de mercado, a In Forma é líder em soluções para gestão de ativos em negócios que atendam a regulação setorial, incluindo critérios rígidos de produtividade e segurança. 

Possuímos total aderência de processos e da regulação do setor elétrico brasileiro com diversas soluções ideais para organizações complexas, equipamentos de alto valor, normas e regulações rigorosas que necessitam de integração de processos. Nossa expertise agrega valor imensurável às companhias, pois garantimos qualidade durante toda a implementação do software e suas atualizações.

Um software de ciência de dados traz valor ao seu negócio. A plataforma da In Forma tem um vasto conjunto de serviços que proporciona uma experiência completa, criada para melhorar os seus resultados.

Converse com um dos nossos especialistas e entenda o que podemos fazer pelo seu negócio.