Inovação tecnológica e o impacto na gestão de ativos nos parques eólicos

Última alteração: 10 de Setembro de 2020 às 16:02

O sistema de usinas eólicas tem um papel importante para o setor elétrico nacional, uma vez que surge como alternativa para elevar o nível de disponibilidade elétrica de maneira sustentável, para o setor industrial e população. Contudo, a fim de que essa transmissão seja eficiente, é necessário ser mais preciso na gestão dos ativos.

É válido destacar que, com uma infraestrutura bem diferente, a administração de equipamentos nas usinas eólicas apresenta peculiaridades marcantes em relação a outras empresas do setor elétrico, o que aumenta a demanda por processos automatizados.

Ciente disso, neste post, destacaremos a importância da análise de dados para o bom funcionamento de parques eólicos.

Confira!

Quais os desafios exclusivos da análise de dados de turbinas eólicas?

O funcionamento dos ativos de uma usina eólica depende da força do vento, aumentando, assim, a imprevisibilidade na operação dessas companhias. Por mais eficientes que sejam os estudos climáticos, é impossível prever com exatidão a movimentação do vento ao longo de um período.

Esse aspecto, por si só, mostra o nível de complexidade dos processos de operação e manutenção do nicho, em que se faz indispensável uma avaliação bastante rigorosa de dados voláteis para buscar a antecipação de falhas.

Otimizar processos de análise de dados, portanto, é o maior desafio para que a gestão de ativos eólicos seja feita de maneira estratégica, com foco na redução de custos.

Como a transformação digital contribui para a previsibilidade operacional eólica?

Usinas eólicas têm muitas razões para estarem atentas às novidades proporcionadas pela transformação digital. É humanamente impossível coletar manualmente dados vindos de diferentes fontes e, ao mesmo tempo, analisá-los de maneira precisa.

Se não houver um suporte tecnológico adequado, a tomada de decisão fica seriamente afetada, o que pode causar graves danos ao funcionamento de um parque eólico.

Investimentos em soluções de Big Data e de Inteligência Artificial têm assumido um papel cada vez mais primordial para as companhias do setor eólico. Atualmente, recursos de Machine Learning (aprendizado de máquina) são capazes de prever, com exatidão, quando um equipamento pode apresentar algum defeito.

Além disso, ao contar com soluções especializadas é possível implantar uma gestão de ativos que priorize o planejamento das manutenções preventivas, a fim de aumentar o grau de disponibilidade dos serviços, contribuindo, assim, para a confiabilidade dos consumidores e cumprimento das normas de órgãos reguladores.

A importância de uma solução especializada para a gestão de ativos no setor eólico

Por estar em um mercado onde todo investimento deve ser estratégico e planejado, os sistemas para gerenciar os processos de O&M no setor elétrico também precisam ser eficientes.

Hoje, a margem de erro deve ser muito próxima de zero. Qualquer falha relacionada com a manutenção preventiva de um equipamento pode gerar problemas na produção de energia elétrica.

Assim, se no passado as informações sobre os equipamentos se baseavam na experiência humana, esse novo cenário mostra que a tecnologia já assume papel de protagonista na gestão de ativos.

À medida que soluções inovadoras fazem parte do cotidiano do setor de energia, as probabilidades de equívocos sobre o estado atual dos equipamentos passam a ser menores.

Contudo, como o setor eólico precisa de um nível ainda maior de previsibilidade para evitar interrupções, nem todos sistemas de automação são capazes de atender as demandas das companhias desse nicho. Em outras palavras, é preciso contar com uma solução totalmente pensada na gestão e imprevisibilidade de dados dessas companhias.

Conheça a In Forma

A In Forma Software se destaca por apresentar um portfólio próprio de serviços para consolidar a transformação digital nas companhias eólicas.

Para tanto, conta com soluções que integram diversos processos do setor, o que é crucial para todos os dados estarem em um único repositório, estruturando um Data Lake de Gestão de Ativos.

Assim, com informações consolidadas, é possível tomar decisões que proporcionem a excelência operacional.

Na prática, a Suíte In Forma para Gestão de Ativos pode importar dados de diferentes fontes, interpretá-los e administrá-los. Além disso, em meio a tantas informações difíceis de controlar, uma base de dados unificada facilita os processos de prevenção de falhas das turbinas.

Se pretende elevar o grau de eficiência da gestão de ativos de um parque eólico, entre em contato conosco agora mesmo! Acelere a transformação digital e obtenha excelentes resultados!