In Forma Software

Transforme a manutenção preditiva em uma ferramenta poderosa

A manutenção é uma das áreas mais importantes em uma indústria, pois é um conjunto de ações que garantem o bom funcionamento dos equipamentos e máquinas em geral. Antigamente, as indústrias contavam com equipamentos gigantes, mas com funcionalidades simples, o que demandava alto uso de energia, além do desempenho lento e com paradas não desejadas. Neste tempo, a manutenção corretiva era a única opção das empresas, além de terem os seus processos focados em registros manuais de serviços e controles.

Após a 2ª Guerra Mundial, novos conceitos de manutenção industrial surgiram, pois foi um período de expansão da indústria e havia mais demandas por produtos. Por essa alta no mercado, gestão e operação passaram a caminhar de ‘mão dadas’, buscando o padrão e excelência na manutenção de seus ativos.

Depois de 1970, houve, novamente, grande mudança nas indústrias, pois, ao mesmo tempo em que se demandava maior produtividade e menores custos, departamentos de O&M começavam a planejar sistemas just-in-time, ou seja, uma forma de administração da produção que determinaria que tudo o deveria ser produzido, transportado ou comprado no momento certo.

Até chegarmos nos dias de hoje, muita coisa foi modificada. Depois das mudanças e evolução no ambiente industrial, as áreas de O&M buscaram consolidar o que funcionava, mas, agora, com o advento da tecnologia e internet de ponta, que automatizou processos, criou alertas e avisos no caso de quaisquer problemas, tornando alto o nível de confiabilidade de equipamentos, softwares e processos, trazendo controle e liberdade para gestores e até mesmo investidores. 

Hoje, com a Inteligência Artificial e automatização da rede elétrica, por exemplo, podemos dizer que máquinas e peças são cada vez mais protegidas para evitar falhas e acidentes; e, com a devida atenção, há a baixa necessidade de intervenções e cada vez menor necessidade dos operadores responsáveis, entre outros benefícios. 

Importante mencionar que, com a otimização dos recursos ao longo do tempo, tanto o consumo energético quanto de água foram ressignificados e são menores do que no passado. A partir de circuitos fechados e máxima utilização de cada máquina, há também maior sustentabilidade nas áreas de O&M e nas indústrias de forma geral.

Com o aumento das formas de se coletarem dados (sensoriamento, soluções para inspeção em campo, drones) e de processá-los (ciência de dados e inteligência artificial), a manutenção preditiva se transformou por completo. A tecnologia promoveu uma forma de análise muito mais robusta, apoiando os profissionais nas decisões mais complexas. 

Recapitulando, a manutenção preditiva é isso. Esta análise revista de tempos em tempos. É a que traz o acompanhamento periódico (seja semanal, quinzenal ou anual) de algum equipamento ou máquina de uma organização. Por meio dela, é possível coletar dados por meio de inspeções e direcionar financeiramente e de forma planejada, as ações da sua organização e operação.

Recentemente, a In Forma publicou uma matéria no ‘blog’ sobre manutenções e os seus tipos (preditiva, preventiva e corretiva). No texto, explicamos o que e qual a finalidade da manutenção preditiva nas organizações. Confira aqui.

Entre as técnicas comumente utilizadas dentro dessa manutenção, estão as análise de vibração, ultrassom (um panorama raio-x deste ativo), inspeção visual e análises não destrutivas. O seu principal objetivo é traçar o tempo de vida útil e as condições para que esse equipamento trabalhe de forma otimizada sem danos.

Benefícios da manutenção preditiva:

  • Antecipar ou postergar manutenções programadas, com base nos indicadores de performance do ativo;
  • Reduzir a necessidade de interferência humana, reduzindo riscos operacionais
  • Quantificar as condições do ativo e mensurar sua vida útil;
  • Reduzir riscos com interrupções do serviço, aumentando a confiabilidade da instalação;

Como resultado, este tipo de manutenção reduzirá custos e aumentará a produtividade dos colaboradores, principalmente se tiver a correta gestão de dados, que podem ser feitos por software, com o da In Forma.

Por meio do planejamento de intenções e análises, é possível direcionar a gestão para assertividade na tomada de decisão e na busca por melhoria contínua, de modo que as máquinas consigam produzir mais e da melhor forma sem que haja falhas e desgastes durante sua vida útil. 

  • Redução de custos

É uma questão de lógica. Quando há a manutenção preditiva, há a redução das falhas funcionais ou potenciais, ou, no mínimo, as tornam mais amenas e raras na operação, fazendo com que a sua produção não seja interrompida. A maior assertividade na hora de executar serviços reduz os seus custos e obtém melhores resultados produtivos, aumentando o grau de confiabilidade e elevando o nível de segurança.

  • Recursos e sustentabilidade

A manutenção preditiva consegue ótima eficiência energética, afinal, o consumo fica dentro dos padrões operacionais da empresa e contribui para um uso mais inteligente dos recursos naturais.

Além disso, otimiza recursos físicos, geograficamente falando, e contribui com Recursos Humanos, pois os profissionais vão até o local no caso de interrupções ou problemas se realmente for necessário. Até mesmo com operadores, que, agora, dedicam seu tempo às atividades mais estratégicas do que operacionais.

  • Melhoria contínua

Visando a auditoria da sua companhia, a manutenção preditiva garante que o ciclo de melhoria de processos torne-se constante, principalmente para a certificação ISO 9001, certificação reconhecida globalmente.

Abrangendo o cenário:

Imagine se soubéssemos quando nosso equipamento vai parar? Claro, é impossível, mas não deixa de ser comum nos deparamos com essa previsibilidade quando falamos de manutenção preditiva. É possível alinhar a estratégia de produção à manutenção preditiva on-line. Como? Possuindo um software capaz de sinalizar possíveis riscos e danos às máquinas. Esse tipo de manutenção é caracterizada pela previsibilidade da deterioração do equipamento, prevenindo falhas por meio do monitoramento dos parâmetros principais com o equipamento em funcionamento.

Entendendo o resultado:

É claro que a previsibilidade varia de acordo com a situação encontrada nos equipamentos e no ambiente industrial. No caso dos equipamentos mais antigos, sem um plano de manutenção adequado, consequentemente levará a uma previsibilidade baixa em comparação a com uma estratégia definida de manutenção.

Os resultados já podem ser observados em poucos meses após a implementação da fase inicial da manutenção preditiva.

Vantagens competitivas:

Controle

Quando se reduz falhas, é possível perceber visualmente em pouco tempo o aumento da eficiência. Caso sua organização já apresente emergências de correção, um software especializado conseguirá medir as falhas antes e depois da implementação da manutenção preditiva.

Gastos 

Com o software da In Forma, é possível programar a aquisição de equipamentos novos, e suprimentos, além controlar duas manutenções, reduzindo interrupções de produção e custos emergenciais.

Segurança

A manutenção preditiva engloba a segurança ambiental, pessoal e mecânica.

Vale ressaltar que o uso adequado e responsável de equipamentos propicia o correto descarte de resíduos, podendo, inclusive, diminuir acidentes no local de trabalho. Logo, proporciona maior segurança na operação.

Vida útil

Com um software adequado, será possível identificar parâmetros de confiabilidade, auxiliando a gerência na tomada de decisão. Consequentemente, ajudará no planejamento, essencial para a previsão do orçamento da empresa.

Com esse controle, a produtividade é otimizada e os equipamentos operam por mais tempo e com a qualidade esperada.

Impacto versus redução

Um estudo da Plant Performance Group, parte da Techonology of Energy Corporation, indicou o aumento da rentabilidade a médio e longo prazo nas empresas estudadas pela pesquisa e as porcentagens relevantes na diminuição de custos. Veja abaixo:

  • Redução dos custos de manutenção: 50 a 80%
  • Redução das falhas nas máquinas: 50 a 60%
  • Redução de estoque de sobressalentes: 20 a 30%
  • Redução de horas extras para manutenção: 20 a 50%
  • Redução do tempo de parada das máquinas: 50 a 80%
  • Aumento da vida útil das máquinas: 20 a 40%
  • Aumento da produtividade: 20 a 30%
  • Aumento dos lucros: 25 a 60%

Como aplicar a manutenção preditiva na minha companhia?

É necessário que se faça um planejamento para que se defina as ferramentas que são utilizadas e as máquinas verificadas. Após, coletar os dados para avaliar o seu desempenho. Depois da coleta, as informações devem ser armazenados, com datas, tipos de máquinas e todos os dados encontrados, para que sirvam de referência para as futuras inspeções e, consequentemente, realizá-las periodicamente.

Para isso, Softwares de manutenção podem ser utilizados para organizar o processo, agendando as datas de manutenção, fazendo escalas das equipes e verificando disponibilidade de equipamentos.

A manutenção preditiva pode ser implementada em qualquer tipo de indústria. Consulte nossos especialistas para utilizar essa metodologia e personalizá-la para o seu negócio.

SOBRE A IN FORMA

Com mais de 25 anos de mercado, a In Forma é líder em soluções para gestão de ativos em negócios que atendam a regulação setorial, incluindo critérios rígidos de produtividade e segurança. 

Possuímos total aderência de processos e da regulação do setor elétrico brasileiro com diversas soluções ideais para organizações complexas, equipamentos de alto valor, normas e regulações rigorosas que necessitam de integração de processos. Nossa expertise agrega valor imensurável às companhias, pois garantimos qualidade durante toda a implementação do software e suas atualizações.

Entre em contato conosco!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp