Inteligência Artificial: aumente a confiabilidade e disponibilidade da companhia

Última alteração: 6 de Outubro de 2020 às 16:17

O avanço tecnológico está cada vez mais presente em diversos setores da economia. No segmento elétrico, essa tendência também pode ser vista de maneira clara. Uma prova é de que a transformação digital está alterando processos de geração, armazenamento e distribuição de energia por meio de vários recursos, como a Inteligência Artificial (IA).

A Inteligência Artificial (IA) consiste na capacidade de uma máquina realizar atividades cognitivas através de associações, operando assim da mesma forma que o cérebro humano. Dessa maneira, é possível que um equipamento desenvolva um raciocínio, compreenda cenários e resolva diversas demandas.

Os veículos autônomos e a robótica são alguns exemplos desse fenômeno, cujo impacto no segmento energético será explicado neste post. Confira!

Como as tecnologias inteligentes atuam no setor elétrico?

A inteligência artificial apresenta diversas funcionalidades que já estão sendo exploradas pelas empresas de energia. Para você compreendê-las melhor, vamos mostrar como elas estão sendo adotadas atualmente. Acompanhe!

Regressão

Nesse caso, os algoritmos contribuem para fazer uma estimativa de um valor futuro, considerando diversas variáveis, como:

·       Previsão do tempo;

·       Análise de retorno de mercado;

·       Crescimento populacional;

·       Previsão de falhas em equipamentos. 

Ao avaliar todos esses fatores, uma companhia pode planejar, com mais precisão, o investimento necessário para oferecer serviços com um maior nível de disponibilidade para os clientes.

Detecção de anomalias

Esse recurso tem como meta identificar e predizer dados que se diferenciam do normal. Assim, a inteligência artificial contribui para uma série de ações, como:

·       Detectar fraudes;

·       Verificar leituras anormais em sensores;

·       Constatar a movimentação de estoque suspeita;

·       Confirmar o funcionamento anormal de máquinas;

·       Visualizar interrupções de serviço.

Agrupamento

O objetivo é agrupar padrões de dados a partir de similaridades. Essa iniciativa permite que sejam feitas outras ações, como por exemplo:

·       Otimização de despacho de produtos;

·       Segmentação de clientes;

·       Detecção de fraudes em seguros;

·       Agrupamento de eventos;

·       Segmentação de produtos;

·       Identificação de mercado-alvo.

Com relação à essa classificação, a inteligência artificial é usada para identificar a que categoria um dado pertence. Isso ajuda na execução de várias ações, como:

·       Detecção de e-mails spam;

·       Análise de crédito;

·       Predição de falhas em equipamentos;

·       Classificação de documentos;

·       Identificar operações de risco.

Regras de Associação

A finalidade é encontrar conjuntos de dados que podem ser relacionados simultaneamente e com frequência. Essa atividade viabilizar constatar alguns fatores, como:

·       Análise de tráfego de redes;

·       Monitoramento de atividades;

·       Identificação no padrão de funcionamento.

Principais benefícios da inteligência artificial para a operação do setor elétrico

Há vantagens relevantes proporcionadas pela inteligência artificial para as companhias elétricas. Para você entendê-las com clareza, vamos abordá-las de maneira detalhada. Veja!

Predição de Parcela Variável (PV)

A IA viabiliza extrair do histórico um modelo de como a variação das anomalias influenciou a PV no passado.

Isso se torna possível com a utilização de recursos que permitem o acesso a informações sobre o volume de anomalias registradas em inspeções ao longo dos anos e o total de indisponibilidades causadoras de PV em um período.

Há também o foco em analisar o estoque de anomalias no presente para obter a incidência de PV no futuro. Para acessar esses dados, a inteligência artificial colabora com estas ações:

·       Aprendizagem de máquina;

·       Extração de padrões desconhecidos;

·       Definição do modelo de regressão;

·       Treinamento do modelo inteligente;

·       Base de dados histórica;

·       Medição de desempenho do sistema.

É possível adotar um modelo que acerta, em média, a previsão de presença ou ausência de PV em 80% das instalações. Assim, as companhias têm mais condições de evitar problemas que interrompam os serviços.  

Previsão de desligamentos

A inteligência artificial também colabora para prever um desligamento em uma subestação a partir dos eventos e alarmes coletados pelo SCADA. O mesmo acontece com relação aos desligamentos registrados no sistema de gestão de operação.

Essas ações se tornam possíveis graças a recursos que executam várias atividades, como:

·       Descoberta de padrões nos eventos e alarmes;

·       Predição de eventos relacionados aos desligamentos;

·       Histórico de alarmes e eventos do SCADA;

·       Dados textuais, não padronizados e não-estruturados;

·       Tratamento de dados desbalanceados;

·       Registros de desligamentos do EquipMaint.

Detecção de anomalias no cadastro de ativos

A tecnologia também permite identificar anomalias provocadas por erros no cadastro ou pela substituição e/ou instalação inadequada de equipamentos.

A inteligência artificial é capaz de verificar padrões no cadastro da rede de distribuição com mais de 50 características dos ativos, como altura do poste, esforço suportado, comprimento do vão, presença chave seccionadora, uso de luminária etc.

Para isso, a IA é utilizada em diversas iniciativas relacionadas com a base de ativos, por exemplo:

·       Processamento dos dados iniciais;

·       Seleção de características;

·       Descoberta de grupos de ativos por características;

·       Definição do modelo de detecção de anomalias;

·       Treinamento do modelo com algoritmos de IA;

·       Definição das anomalias do cadastro.

Escolha o parceiro certo para aumentar a eficiência operacional da sua empresa

A inteligência artificial é um dos diferenciais da In Forma para contemplar as demandas de empresas do setor elétrico. Uma prova disso é o desenvolvimento da plataforma de aplicações autônomas inteligente, que apresenta vários benefícios para os usuários, como:

·       Integrar dados não padronizados de sistemas de informações (GIS, EAM e ERP) criando uma versão unificada dos dados;

·       Solucionar problemas complexos não resolvidos pelos atuais sistemas de informações, sem a criação de novas funcionalidades;

·       Extrair dados com segurança e de forma anônima;

·       Fornecer dados que auxiliam na tomada de decisão;

·       Disponibilizar soluções de problemas específicos por meio de tecnologias modernas, como o Big Data e Machine Learning.

Para proporcionar uma maior gama de sistemas avançados para as companhias elétricas, a In Forma adota o desenvolvimento ágil. O foco é fazer com que o cliente também esteja envolvido na criação da ferramenta.

Dessa forma, a solução é criada de maneira personalizada, o que é essencial para que as funcionalidades passem a ser utilizadas de forma correta pelos clientes, contribuindo para a geração de resultados mais expressivos e consequentemente para a melhoria da performance.

A In Forma também faz um mapeamento dos problemas que podem ser resolvidos por meio de machine learning é possível desenvolver soluções sob medida para os clientes.

Se deseja ter mais informações sobre como nossos sistemas podem aperfeiçoar os serviços de uma companhia energética, entre em contato agora mesmo! Afinal, o conhecimento é a peça-chave para superar novos desafios.